3090 Visitas |  Like

Minha Coleção de Câmeras Antigas – Adriana Füchter

Compartilhar Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on TumblrShare on LinkedIn

Colecionadora: Adriana Füchter

Trabalha com: Fotografia e Diagramação de Fotolivros entre outras atividades
Mora em: Florianópolis
Tem passaporte carimbado em 34 países

ja1310_1087 Adriana Fuchter e cameras antigas por Joaquim Araujo

Adriana Füchter e sua coleção de câmeras antigas (Joaquim Araújo)

Como tudo Começou

Foi casualmente. Eu gosto muito de tudo e todos que possuem uma história e sou apaixonada por fotografia, dessa forma, guardar as câmeras, foi algo que aconteceu naturalmente. Quando eu percebi, já tinha várias.

af1311_0733 classicas

Detalhes coleção Adriana Füchter – Modelos Clássicos (Adriana Füchter e Joaquim Araújo)

Registrando a Evolução

Com a chegada da era de câmeras digitais, as analógicas começaram a entrar em desuso e ficou mais fácil comprá-las em sites de leilões, feiras de antiguidade, assim como pessoas amigas que também vão me dando câmeras antigas que não estão usando. O meu simples ato de guardar as câmeras foi virando uma tímida coleção.

Detalhes coleção Adriana Füchter - As Preferidas (Adriana Füchter)

Detalhes coleção Adriana Füchter – As Preferidas (Adriana Füchter)

As Favoritas

Tenho algumas preferidas: Canon Ae1, que era do meu irmão e juntos fomos tentando decifrar o mistério da fotografia, antes de eu estudar a fotografia para valer. Minha filha Morgana, teve o carinho de garimpar uma câmera em uma viagem ao exterior especialmente para mim: uma Kodak EastmanFolding Autographic Brownie No.2. Uma exótica Kodak Colorburst 100 por sua história polêmica, entre outras.

Detalhes coleção Adriana Füchter - As Preferidas (Adriana Füchter)

Detalhes coleção Adriana Füchter – As Preferidas (Adriana Füchter)

Companheira de Viagem

A Canon Ae1 sem dúvida é a mais viajada e dificilmente será superada. Antigamente uma câmera de boa qualidade, era sempre boa e assim ela viajou comigo de 1978 a 2002. Difícil uma câmera atual ser produtiva por tanto tempo, não porque não são boas, mas porque surgem as novidades e fazemos o conhecido “upgrade” de equipamentos.

af1311_0725 classicas

Detalhes coleção Adriana Füchter – Modelos Clássicos (Adriana Füchter e Joaquim Araújo)

Colecionando Memórias

A Canon Ae1 me acompanhou por muito tempo, não só por toda minha adolescência, juventude e vida adulta, afinal foram 24 anos. Época de estar rodeada de amigos e minhas viagens como mochileira, intercâmbios, cursos fora do país e aventuras, assim, é dificílimo dizer qual imagem foi a mais importante que registrei com ela. São todas. Vira um ciclo, a imagem é importante por si só e por ter sido feita com a minha Canon Ae1.

ja1310_1105

Adriana exibe a famosa Polaroid OneStep SX-70 Land Camera & Q-Light White Rainbow (Joaquim Araújo)

Um Ícone

Com certeza a Polaroid OneStep SX-70 Land Camera & Q-Light White Rainbow. Com a fama do Instagram, todos que olham a minha coleção de câmeras, acabam identificando o formato dessa Polaroid e associando a imagem com o ícone do aplicativo.

ja1310_1133 recortado004

Cristaleira onde fica guardada a coleção (Adriana Füchter e Joauqim Araújo)

Cuidados Necessários

Por serem câmeras que não estão mais em uso, eu não me preocupo muito, guardo-as em um local fechado que evita poeira e umidade: a cristaleira da minha vovó que também tem sua própria história – ela navegou na enchente de 1974 que devastou São Ludgero, cidade ao sul de SC. A Cristaleira foi encontrada depois da enchente e devolvida aos meus avós. Nela minha vovó Justina Hobold Fuchter guardava uma caixa com fotos da família, eu adorava ficar perguntando quem eram as pessoas das fotos. Acho que se não fossem aquelas fotos eu não acreditaria que meu pai havia sido criança um dia, fluía meus pensamentos infantis. Mas todas as fotos se perderam com a enchente. Hoje mantenho a coleção dentro da cristaleira e sobre a ela está um vaso de porcelana que era da minha nona, Maria Flor Volpato.

af1311_0735 filmadoras

Detalhes coleção Adriana Füchter – Filmadoras (Adriana Füchter)

Fato Engraçado

Um dia eu estava muito ocupada, quando minhas duas filhas Morgana e Desirée, ainda crianças, me pediram para limpar as minhas câmeras. Acabei deixando e depois de um bom tempo, percebendo que elas estavam muito quietas, fui atrás para saber o que estava acontecendo. Quando cheguei na área de serviço, vi que eles tinham mergulhado várias câmeras dentro do tanque cheio de água e estavam as ensaboando. A minha sorte é que elas tinham “começado a faxina” com as câmeras que estavam na prateleira de baixo da cristaleira, câmeras que já não funcionavam mais.

ja1310_1097 cameras Adriana

Coleção Adriana Füchter de Câmeras Antigas (Joaquim Araújo)