1251 Visitas |  Like

Especial Disney World by Camilla Vital – Animal Kingdom

Compartilhar Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on TumblrShare on LinkedIn

O ultimo parque do complexo Walt Disney World é o Animal Kingdom. Construído em 1998 possui cerca de 5 vezes o tamanho do Magic Kingdom, porém não necessita de muita caminhada, já que a maior parte desta área se destina exclusivamente aos animais.

Animal Kingdom (Divulgação)

As atrações se dividem entre brinquedos típicos de um parque de diversões e um incrível zoológico com mais de 1700 animais de 250 espécies diferentes, alguns deles ameaçados de extinção, como rinocerontes-brancos, gorilas e elefantes africanos e os famosos espetáculos musicais, que encantam pessoas de todas as idades.

Rinocerontes-brancos (http://www.onlywdworld.com)

O parque é dividido em sete áreas: África; Ásia; Dinoland USA; Oásis; Discovery Island; Camp Minnie-Mickey e Rafiki’s Planet Watch, uma área destinada a conscientizar o público em relação a preservação ambiental e dos animais em extinção.

O ponto central e símbolo do parque é a Árvore da Vida, uma gigantesca construção, com 45 metros de altura, onde 20 artistas demoraram 18 meses para esculpir cerca de 400 animais em seu tronco. Uma verdadeira obra de arte!

Árvore da Vida (Divulgação)

Jardim da Árvore da Vida (Divulgação)

Algumas das principais atrações:

- Kilimanjaro Safari: Um safári por uma reprodução da Reserva de Vida Selvagem de Serengeti, na África, com florestas, rios e vales e os animais típicos: elefantes, girafas, zebras, antílopes, gazelas, crocodilos, macacos, hipopótamos, leões e etc.

Dica: Fazer o passeio no período da manhã, quando os animais estão acordados.

Kilimanjaro Safari (Divulgação)

- Expedition Everest – Legend of the Forbidden Mountain: Uma aterrorizante montanha-russa que promete levar você a um surpreendente encontro com o Abominável Homem das Neves. E aí, tem coragem??

Expedition Everest (Divulgação)

Primeval Whirl: Uma montanha-russa muito diferente. Além da alta velocidade, ela dá intensos giros cheios de adrenalina.

- Kali River Rapids: Uma descida nas águas turbulentas do rio Chakranadi, em uma bóia desgovernada!

Kali River Rapids (Divulgação)

- It’s Tough to be a Bug!: Esta atração se localiza dentro da Árvore da Vida e possui capacidade para 430 lugares. É muito mais do que um cinema 3D, as cadeiras se mexem, há esguichos de água, aromas nada agradáveis e muitas outras surpresas. Inspirada no filme “Vida de Inseto”, é considerada uma das melhores atrações do parque.

It’s Tough to be a Bug! (www.wdwtourguide.com)

- Wild Africa Trek: um novo safári pela Savana, porém com trechos a pé, cruzando pontes improvisadas sobre riachos e chegando mais perto dos animais.

- Dinosaur: A bordo de um simulador, você faz uma turbulenta viagem que se passa cinco milhões de anos atrás, em busca de um dinossauro perdido.

Dinosaur (Divulgação)

Este parque fecha mais cedo, às 17h00min, devido aos necessários cuidados com os animais. Por este mesmo motivo, não existe show de encerramento, somente a parada com os personagens que ocorre por todo o parque e os shows musicais: Finding Nemo e Festival of the Lion King.

Finding Nemo – The Musical (Divulgação)

Festival of The Lion King (Divulgação)

Fique atento às atrações que possuem FastPass, confira no mapa logo na entrada do parque.

Uma informação importante para quem tem medo de fazer os safáris e ficar próximo aos animais selvagens é que eles são alimentados diversas vezes por dia, garantindo assim um alto grau de segurança aos funcionários e visitantes. Não custa reforçar que é terminantemente PROIBIDO alimentar os animais!

Área dos Elefantes (www.happydayturismo.com.br)

Confira mais informações nos posts sobre o Magic KingdomEpcot e Hollywood Studios.

Os posts sobre a Disney World encerram aqui, mas na próxima semana falarei sobre o Sea World e em seguida os parques da Universal Studios.

Boa viagem e divirta-se!

Camilla Vital