1308 Visitas |  Like

Diário de Bordo – Copenhague, a capital da Dinamarca

Compartilhar Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on TumblrShare on LinkedIn

Segundo estudos que combinam dados como salário, educação e saúde, Copenhague é a capital do país considerado o mais feliz do mundo. Engraçado não é? Então, a Dinamarca lidera o ranking da Organisation for Economic Co-operation and Development, que monitora 34 países, entre eles, Rússia e Brasil. O país, como todas as nações escandinavas, tem um sistema de capitalismo em que o bem-estar comum é a prioridade. Para os cidadãos, altos impostos são considerados o preço justo para a existência de uma sociedade onde tudo funciona. Além disso, a cidade parece viver um conto de fadas se considerarmos sua família real e seus deslumbrantes castelos. Confira como foi a minha visita a essa curiosa cidade que vive harmoniosamente entre seus romances e tradições do passado e a modernidade do futuro:

IMG_0305

Mademoiselle Voyage em frente a Pequena Sereia – Copenhague (Acervo Pessoal)

O nosso tour começou com uma parada obrigatória para uma foto com a célebre Pequena Sereia, emblema da cidade, antes de continuar a descobrir a capital com o reinado mais antigo do mundo. Localizada no Kastellet Park, a estátua retrata a personagem mais famosa dos contos de Christian Andersen. Segundo a lenda, esta foi a primeira sereia que os navegantes enxergaram e que, atrai irresistivelmente as pessoas para a capital.

DSC09684

Palácio de Amalienborg – Copenhague (Mademoiselle Voyage)

DSC09689

Guarda Palácio de Amalienborg – Copenhague (Mademoiselle Voyage)

DSC09691

Praça do Palácio de Amalienborg (Mademoiselle Voyage)

DSC09694

Mademoiselle Voyage na Praça do Palácio de Amalienborg (Acervo Pessoal)

Logo em seguida fizemos uma breve parada no Palácio de Amalienborg, residência da rainha Maragarida II, formada por quatro palácios no estilo rococó – obra prima de Eigtved, localizados frente a frente em uma das praças mais majestosas da Europa, cenário suntuoso da troca diária da guarda, que acontece diariamente às 12hs.

DSC09713

Nikolaj Plads (Mademoiselle Voyage)

DSC09723

Restaurantes e lojas no Nikolaj Plads (Mademoiselle Voyage)

No Nikolaj Plads ficava o grande mercado de Copenhague, com vendedores de hortaliças na praça, açougueiros ao redor da igreja e peixeiros ao longo do cais Gammel Strand. No centro, o impetuoso Absalão, bispo fundador da cidade, imortalizado em bronze.

DSC09729

Prefeitura de Copenhague (Mademoiselle Voyage)

Construída por Nyrop, em 1905, a imponente Prefeitura de Copenhague tem evidentes toques italianos. O alto da torre, com 107m, oferece uma vista de 360 graus da cidade. O incrível relógio astronômico de Olsen e o majestoso saguão impressionam seus visitantes.

DSC09717

Ao fundo, Edifício do Parlamento de Copenhague (Mademoiselle Voyage)

Ao fundo, nessa foto, está o edifício do Parlamento, única sede do poder político há mais de 800 anos, uma exceção nos países da Europa. Residência real até o incêndio de 1795, a sexta reconstrução neobarroca do castelo abriga a Folketinget (câmara parlamentar), o gabinete do primeiro-ministro e os aposentos reais reservados para as grandes recepções.

DSC09705

Torre do Edifício da Bolsa (Mademoiselle Voyage)

O edifício da Bolsa é um dos mais extraordinários da cidade. Sua torre em forma de flecha em espiral, formada pelas caudas entrelaçadas de 4 dragões, pode ser avistada de longe, de vários ângulos da cidade. Concebida por Christian IV em 1642, segue a linha do estilo renascentista holandês.

DSC09702

Nyhavn , o “Novo Porto” de Copenhague (Mademoiselle Voyage)

O Nyhavn – “Novo Porto”, foi feito em 1669 por arquitetos holandeses para facilitar o transporte de mercadorias. O que antes era um cais onde se concentravam espeluncas, casas de jogo e bordéis, hoje toma conta fachadas coloridas, restaurantes de peixe, ateliês de tatuadores, além de velhos apetrechos navais, que evocam a atmosfera de épocas passadas.

DSC09744

Rosenborg Slot (Mademoiselle Voyage)

DSC09745

Quartéis ao redor do Rosenborg Slot (Mademoiselle Voyage)

Nossa última parada foi no magnífico Rosenborg Slot, a residência de verão favorita de Christian IV, construída em 1606, acaba demonstrando mais uma vez sua paixão pela arquitetura holandesa. Sua silhueta finamente cinzelada se projeta acima dos jardins reais, com canteiros floridos e um estupendo roseiral, muito apreciado pela juventude local. Ali também ficam os quartéis, de onde a guarda real parte diariamente para o revezamento em Amalienborg.

IMG_0311

Mademoiselle Voyage em Copenhague, na Dinamarca (Acervo Pessoal)

No próximo post, de volta a Paris, mostro detalhes do lindo Museu Rodin. Não perca!